terça-feira, 3 de janeiro de 2012

VOLUNTARIADO NO ISA (INSTITUTO SUPERIOR DE AGRONOMIA)

 APRENDENDO A FAZER AZEITE - Da oliveira ao prato...

Há uns tempos atrás fui tentado a fazer as vindimas no ISA...

Desta vez foi a produção de azeite no lagar do LET (Laboratório de Estudos Técnicos). Valeu a pena a experiência. Aqui ficam as imagens...

VAREJAR A AZEITONA
AZEITONA MADURA NO OLIVAL DO ISA
AZEITONA PRONTA PARA SE INICIAR A TRITURAÇÃO

MOINHO DE AZEITONA
BAGAÇO E AGUA RUÇA DE UM LADO...
...AZEITE DO OUTRO
 
FILTRAGEM DO AZEITE
E O "MEU" AZEITE...
... FINALMENTE CHEGOU AO PRATO
(Aprovado com distinção...eheheh)

12 comentários:

Antígona disse...

Confesso que neste bocadinho (em que fui passando as fotos) senti uma pontinha de inveja :):) Bom apetite. E um excelente 2012 (mesmo que não o seja, que o Jardineiro do Rei o saiba transformar como transforma as suas plantas e flores):):)

Jardineiro do Rei disse...

Antígona...
Todas estas acções de voluntariado são abertas a quem quiser participar. Eles agradecem. Em tempo de penúria,para eles, é ouro sobre azul...

Antígona disse...

Compreendo, muito bem :):)

Jardineiro do Rei disse...

Antigona...

Da próxima vez vez vou desafiá-la a participar. Prepare-se que isto é vício que se pega...):)

Hana disse...

Que delícia e tudo feito com amor!! Uma maravilha o mais puro azeite!!
Com carinho
Hana

Lilá(s) disse...

São experiências únicas não é?
Bjs

Jardineiro do Rei disse...

Sim, Lilás. São experiências únicas. E agora estou a fazer a ajudar na recuperação de uma estufa centenária no Jardim Botânico da Ajuda. AEstufa Fria.

Mariazita disse...

Meu querido amigo João
Sempre em actividades meritórias!
Para além de ajudar quem precisa fica a satisfação de, através de mais uma experiência, aumentar o conhecimento, não é verdade?

Gostei muito de ver as fotos. Calculo que tenha sido uma grande satisfação "degustar" o fruto do teu trabalho :) Na verdade tem um aspecto bem apetitoso.

PS - Peço que me perdoes não ter ainda dado notícias. Vou ver se amanhã consigo fazê-lo.

Bom fim de semana. Beijinhos com sabor de murta...

Anónimo disse...

Um dia tens que me ensinar a fazer assim o azeitinho da minha quinta, ésum homem que sabe e percebe de tudo um pouco...Parabéns JC, continua pq és um homem de muito saber.....beijinho

Jardineiro do Rei disse...

Ora...
Os meus conhecimentos dão para fazer um azeite de consumo proprio. Se quiseres correr o risco eu posso fazer azeite para ti.
Obrigado pelas exageradas considerações a respeito da minha sabedoria. Mas a verdade é que alimentam a minha auto-estima. Como sempre acontece quando leio os teus comentários.

Beijitos e um imenso sorriso

jc

Deusa disse...

Cada vez me convenço mais
Nada é por acaso
Matou-me a curiosidade
Obrigada por compartilhar

Majo disse...

Interessante verificar o fabrico atual do azeite. Mas estava convencida que existiam umas máquinas vibradoras que faziam cair as azeitonas.
Devido à mosca, deve ser difícil manter um olival ecológico no Alentejo, mesmo pequeno.
Tens uma vida plena e é comovente a tua disponibilidade para colaborar.