sábado, 20 de novembro de 2010

ESPÍRITO E VIDA...

Se por instantes Deus esquecesse que sou uma marioneta de trapos e me presenteasse com mais um pedaço de vida, eu aproveitaria esse tempo o mais que pudesse.
    - Possivelmente não diria tudo o que penso, mas definitivamente pensaria tudo o que digo.
    - Daria valor às coisas, não por aquilo que valem mas pelo que significam.
   - Dormiria pouco, sonharia mais, porque entendo que por cada minuto que fechamos os olhos, perdemos sessenta segundos de luz.
    - Andaria quando os demais se detivessem. Acordaria quando os demais dormissem.
    - Se Deus me presenteasse com um pedaço de vida, deitava-me ao sol, deixando a descoberto, não só o meu corpo, como também a minha alma.
     - Aos homens eu provaria  quão equivocados estão ao pensar que deixam de se enamorar quando envelhecessem, sem saberem que envelhecessem quando deixam de se enamorar.
    - A um menino eu daria asas e apenas lhe pediria que aprendesse a voar. 
    - Aos velhos ensinaria que a morte não chega com o fim da vida mas sim com o esquecimento.

Tantas coisas que eu aprendi com vós, meus Amigos...
    - Aprendi que todo o mundo quer viver no cimo da montanha, sem saber que a verdadeira felicidade está na forma de subir a escarpa.
    - Aprendi que quando um recém-nascido aperta com a sua pequena mão, pela primeira vez, o dedo do seu pai, agarrou-o para sempre!
    - Aprendi que um homem só tem o direito de olhar outro homem de cima para baixo quando o está ajudar a levantar-se.

Amigo...
Diz sempre o que sentes e faz o que pensas...

Supondo que hoje seria a ultima vez que te vou ver dormir, te abraçaria fortemente... e rezaria ao Senhor para poder ser o guardião das nossas memórias comuns.
Supondo que estes  são os últimos minutos que te vejo, dir-te-ia... Amo-te! E não assumiria, loucamente, que já o sabes.
Sempre existe um amanhã em que a vida nos dá outra oportunidade para fazermos as coisas bem, mas pensando que hoje é tudo o que nos resta, gostaria de dizer-te o quanto te quero...
O amanhã não está assegurado a ninguém, jovens ou velhos. Hoje pode ser a última vez que vejas aqueles que amas. Por isso não esperes mais, porque o amanhã pode nunca chegar e lamentarás o dia em que não tiveste tempo para um sorriso... um abraço... um beijo. E o teres estado muito ocupado para atenderes esse ultimo desejo.
Mantém os que amas junto de ti... diz-lhes aos ouvido o muito que precisas deles, o quanto lhes queres e quantas palavras de amor conheceres...

Lembra-te...
Não serás recordado pelos teus pensamentos secretos. Pede a Deus a força e a sabedoria para os expressares.
Demonstra aos teus amigos o quanto são importantes para ti...
Ama desmedidamente cada minuto da tua vida, mas não o queiras só para ti....

6 comentários:

Anónimo disse...

Linda e muito bem escrita, (como tudo o que tu escreves) esta reflexão de vida...
Mas pergunto, será que alguem a cumpre na integra???
Hoje...eu precisava que alguem me dissesse que me amava, que me desse um abraço...que me preenchesse o imenso vazio da minha alma...mas não tenho quem o faça!
Espero que tu Jardineiro o consigas fazer e dizer a todos o quanto os amas, certamente sentiram uma felicidade imensa, não deixes para amanhã...que o amanhã pode não existir.

A.....

Espaço do João disse...

Que bela reflexão de vida. Pena que os tempos e mentalidades mudam como da noite para o dia.

Quanto ao nome da Coroas de natal, Também as conheci por manhãs de Páscoa. O nome de repúblicas, era dado à Mandioca Decorativa que existia muito em ngola que, até por sinal davam suas batatas. No entanto não é de desdenhar o nome de repúblicas dado as suas características das cores.

Também ao chamar-mos lava garrafas ou escovilhões, conhecia seu nome mas, a maior parte das pessoas conhecem por este, daí não publicar seu nome verdadeiro.

Se procurar em meu espaço em edições mais antigas, lá encontrará.
Grato pela passagem em meu es+paço e, volte sempre, suas dicas são bastante informativas.
Um abraço. João

Antígona disse...

Há certas coisas de que nos lembramos sempre tarde de mais :) Mas, mesmo que sejamos capazes de nos lembrar delas com regularidade, uma coisa é a teoria e outra a prática que nos engole todos os dias. Leva algum tempo e muito exercício interior, fazer desta forma de estar a nossa, mas é possível...ainda que com uma ou outra recaída :)

Anónimo disse...

Vivemos acreditando num montão de coisas que não podemos ter, que não podemos ser, que não vamos conseguir, simplesmente porque quando éramos crianças e inexperientes algo não deu certo ou ouvimos tantos nãos que a corrente da vida ficou gravada na nossa memoria com tanta força que aceitamos o sempre foi assim... De vez em quando sentimos as correntes e confirmamos o estigma: não posso, e muita areia para o meu camião, nunca poderei, é demais para mim! A única maneira de tentar de novo e não ter medo de enfrentar as barreiras é não ter receio de rebentar as correntes!

A Ilusão das Palavras

AVOGI disse...

olha olha o joao por aqui!! bem até aqui pelo Joao naturalmente, esse meu amigo e conterrâneo. kis :=)

Majo disse...

Pessoalmente, sou muito afetiva e gosto de expressar frequentemente, os meus sentimentos e carinho...

Não percebo porque para os homens é mais difícil! Será porque evitam uma pulsão sexual?

É UM GRANDE PRIVILÉGIO SER TEU AMIGO! E UMA SORTE IMENSA E INESTIMÁVEL SER O TEU GRANDE AMOR...