quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

PRÁTICA DE GERMINAÇÃO

Em Biologia chama-se germinação ao processo que leva ao nascimento e crescimento de uma planta a partir de um corpo em estado de vida latente, podendo esse corpo ser uma semente ou um esporo.
Este processo reprodutivo das plantas realiza-se deste sempre na Natureza. Contudo, para haver germinação é necessário que estejam criadas condições, de temperatura, de humidade do ar e do substrato, da semente ser viável. Técnicas modernas permitem que, mesmo longe do seu habitat natural, as sementes germinem.
A germinação pode ter como fim a propagação da espécie, como também ser utilizada, em fase precoce do desenvolvimento da planta, para a alimentação humana. Um exemplo de todos conhecidos são os rebentos de soja ou feijão mungo, muito vulgares nos supermercados. Muito fácil de realizar em casa, essa prática  permite conseguir-se um alimento rico em nutrientes, que pode ser consumido, preferencialmente, cru em saladas. Se preferirmos os germinados cozidos, deverá ser uma cozedura ligeira de forma a não retirar componentes nutritivos aos rebentos.
Eis a minha experiência:

Germinador



Germinados de Feijão Mungo, Alfafa e Feno Grego


Sementes de Agricultura Biológica

Rebentos de Feijão Mungo e as respectivas sementes

5 comentários:

Lilá(s) disse...

Tu és incrível! as coisas curiosas e interessantes que tenho aprendido contigo! já estava preocupada com este blogue ao abandono...
Bjs

ps: tenho uma flor do meu algodoeiro quase toda aberta? a 1ª colhia cedo demais e não abriu totalmente, todos os dias a espreito com medo que se estrague...

Rosa dos Ventos disse...

Tenho que mostrar este processo à minha nora que adora estes produtos nos seus cozinhados! :-))

Abraço

Nita disse...

Navegando, encontrei este espaço, vou ficar e acompanhar...

Maria Rodrigues disse...

Ver nascer e crescer uma planta é sempre uma experiência extraordinária. Quase todos os anos o o meu filho Pedro gosta de colocar a germinar feijões. Gostamos de os ver desenvolver, pena é que depois não temos onde os colocar, pois moramos num apartamento.
Bom domingo
Um abraço
Maria

Majo disse...

Eu gostava de saber mais: onde se compram as sementes e como se procede. Só sei que têem de estar às escuras e regadas de 12 em 12h.
Ficava grata se voltasse a aboradar este processo de obter ótimos recursos alimentares.