sábado, 9 de novembro de 2013

LEMBRAR O TEMPO...



Lembrar o tempo em que tu nasceste. Há 31 anos!
Lembrar o tempo em que te dava banho e mudava a fralda.
Te dava o leite no biberon, por que era assim que tu querias! (pequeno ditador…)
E me obrigavas: Pai Jão… canta o Ai Ai! E eu… cantava, encabulado: “Ai Ai Ai minha machadinha… quem te pôs a mão sabendo que és minha?” Fosse em frente de quem quer que fosse…

E te punha às cavalitas e caminhávamos pela praia. Parando de quando em vez para construirmos castelos na areia. 
Na areia? Não… na rocha! Porque eles perduram até hoje…

E chegavas cansado a casa e eu te embalava cantando baixinho: 

"O meu menino é d'oiro
É d'oiro fino
Não façam caso que é pequenino
O meu menino é d'oiro
D'oiro fagueiro
Hei-de levá-lo no meu veleiro.
Venham aves do céu
Pousar de mansinho
Por sobre os ombros do meu menino
Do meu menino, do meu menino
Venha comigo venham
Que eu não vou só
Levo o menino no meu trenó!"

Lembrar os belos piqueniques que fazíamos… tu montado num “jeep” de plástico e eu a puxá-lo com um cordel… que não davas aos pedais (sacana…)

E tu eras o “Indio Soneirinha” que estava doente na sua tenda e eu o médico que te ia tratar: Toc toc toc! Batia eu à porta e tu perguntavas: "É o dotoio? Pode entaia!... Pai jão? Coio! (colo…)"

E tu cresceste… cresceste… e te foste tornando um homem. Cada vez mais…

E é por seres quem és, um HOMEM! Que te amo e de admiro!

Hoje é o teu dia especial, porque também tu és especial

PARABÉNS MEU FILHO!

10 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns ao filho e ao pai muitas felicidades.

Anónimo disse...

Parabéns ao pai e ao filho,,, quantos filhos adoraria , ter assim um Pai.

Labirinto de Emoções disse...

Um texto girissimo, pleno de graça e amor, se tu te orgulhas do filho que tens, (ainda por cima parecido contigo) ele tambem se deve orgulhar e muito de ter a sorte de te ter por pai...:-))
(nunca mais te atrevas e chamar-me mãe babada...ahahah)

Um beijinho grande de parabens "pai João" extensivo ao teu Bébé..:-))

Majo disse...

Mas que linda e terna mensagem!

Amigo, tens um menino de oiro e um coração do mais puro e reluzente ouro...

Alegres parabéns aos dois que dedicam mutúamente um amor belo e profundo.

Desejo-vos sorte, sucesso, êxito, saúde e as maiores venturas! Tudo do melhor!

Para o Nuno, beijinhos e um abraço especial.

Com grande Amizade...

Antígona disse...

Que linda mensagem João :) :) Deixou-me de lágrima ao canto do olho :) :)
Um beijo especial para si, para o Nuno e para a mãe do Nuno. Atrasado, mas especial.
Parabéns.

Anónimo disse...

Parabéns João "Parabéns Nuno" por ter um pai tão especial, filhos são uma benção de Deus, e deus deus lhe um filho especial, quantos filhos não dariam por ter um pai assim,se assim não fosse não faria sentido esta maranilhosa homenagem, tão sentida de coração. Desejo que conte muitos anos, e que numa próxima seja o Nuno a fazer umahomenagem ao seu pai. Pois o tempo passa, o tempo voa, o tempo não volta atrás e o tempo não espera,
Mais uma vez parabéns aos dois.
Sejam felizes.

Iemanjá

Rosa dos Ventos disse...

Parabéns atrasados!
Que esses castelos construídos em comum nunca desmoronem!

Abraço

Lilá(s) disse...

Ai que bem me fazem estas leituras! Muitos parabéns ao filho e ao pai.
Que ternura de mensagem!
Bjs

Mariazita Azevedo disse...

Meu querido amigo
De repente dei-me conta de que já não vinha cá há um tempinho:)))
Têm sido uns dias um pouco conturbados, com a psique um bocado por baixo :( - mas a vida é assim mesmo.
Estive a ler o post anterior, sobre as bruxas, e achei o máximo!
Não há dúvida, vir aqui é receber um banho de conhecimentos!

Ainda que atrasados... muitos parabéns aos Pais e ao filhote.
Sabe tão bem recordar os tempos em que os acompanhámos pela vida fora...
Quanta ternura escorre das tuas palavras! Nota-se bem o teu orgulho de Pai, mas acredito que o "de ser teu filho" não deve ser menor.

Que o teu Domingo seja muito feliz (com este maravilhoso sol)
Beijinho perfumado de lúcia lima
Mariazita
(Link para o meu blog principal)

PS - A Lippia Dulcis está a adaptar-se muito bem. Já tem folhinhas novas, e um aspecto feliz :)))
+ 1 beijito grato

Mariazita Azevedo disse...

Meu querido amigo João
Concordo inteiramente contigo - as amizades nascidas em tempos difíceis são as que mais perduram, e não raro acompanham-nos até ao fim dos nossos dias.
Foram tempos bastante difíceis, mas a verdade é que os recordamos com saudade, não é assim? Por alguma razão será...

Quando tiveres tempo e disposição... é só dares um toque, que terei o maior prazer em saborear o tal cafezinho em que não te acompanhei :)))
Calculo que agora só poderá ser depois do Natal, já que te vais ausentar, não é verdade?
Seja quando for será sempre uma boa altura.

Numa folhinha nova de Lippia Dulcis deposito um beijito que aqui te deixo.
Uma semana feliz.
Mariazita
(Link para o meu blog principal)

PS - Com esta belíssima música nem apetece ir embora :)